Blog

Voltar
03 jul, 2013 " width="250" style="margin-top:50px;">

Golden Four ASICS Porto Alegre, a prova dos recordes

Na matéria, o treinador e consultor ASICS Brasil de atletismo Wanderlei Oliveira, presente em todas as 10 edições da Golden Four ASICS, viu de perto a emoção e vibração de muitos que saíram de Porto Alegre com um novo recorde nos 21k. Pela experiência do treinador, adquirida em quase 30 anos voltados ao esporte, Wanderlei sabe bem o que é isso, e resolveu contar nas linhas abaixo um pouco do que viu naquele domingo, que entrou para a história.

Por Wanderlei Oliveira

O jornalista Vicent Sobrinho, 48 anos, é corredor desde 1979, já participou de mais de 600 provas dos 100 metros à Maratona (42.195 metros).
Trabalhou em vários jornais, foi professor da Fundação Cásper Líbero, atualmente é colaborador da Revista Contra-Relógio e fotógrafo profissional.
Nos últimos anos, têm resgatado em suas reportagens vários atletas que no passado foram destaques em provas nacionais e internacionais.
Mas, em momento algum nesse longo período, deixou de competir nas corridas de rua (provas pedestres), sempre buscando o seu melhor naquele momento.

Assim foi nos 21 quilômetros do circuito da Golden Four ASICS, em Porto Alegre, no domingo, dia 30 de junho. Na altura do km 19, ví e ouvi sua emoção e vibração ao perceber que estava prestes a estabelecer seu melhor resultado para a distância de 1 hora e 21 minutos, dos últimos 15 anos.

Há nove anos é o vencedor da categoria imprensa, "corrida dos jornalistas"; bi-campeão da corrida de São Sebastião do Rio de Janeiro e tri-campeão da Maratona do Rio de Janeiro (3h02). Essas conquistas, lhe renderam dois prêmios especiais, em 2010, pela Olympicus foi para a Austrália; no ano passado, pela ASICS, foi para a famosa Maratona de Nova York.

"A competição é o meu estímulo", enfatiza Sobrinho.

Twitter @wander_olive

www.espn.com.br/blogs/wanderleideoliveira#1

Voltar